22 de out de 2012

Universitários pesquisadores lançam ‘Eco Fusca’



O alemão queridinho dos brasileiros ressurge em um modelo mais econômico que o lançado no último século. Os pesquisadores Alex Soares e Allan Bandeira recriaram o veículo tornando-o 100% elétrico.

O ‘Eco Fusca’ criado pelos universitários foi lançado na quarta-feira (17) durante a abertura da ‘9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT)’ e foi visto por pelos 20 mil visitantes durante os quatro dias de exposição.

O primeiro carro elétrico 100% amazonense pode ser plugado em qualquer tomada caseira com voltagem de 110 até 220 volts. Com carga completa, o veículo tem autonomia de oito horas e percorre 250 quilômetros, com velocidade máxima de 160 km/h.

“O custo é de mais ou menos R$ 5 a cada 100 quilômetros. É uma excelente economia, quase 70% mais econômico que carro a combustão normal”, disse o secretário adjunto da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Eduardo Taveira.

O veículo é homologado para rodar e certificado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O secretário lembrou que o veículo tem autonomia superior à dos concorrentes importados que, com carga completa, chegam a rodar 120 quilômetros.

O importado também necessita de um posto adaptado para se alimentar. “Ele tem muitos instrumentos tecnológicos que o fazem um carro viável. Agora estamos propondo uma parceria com a Secti para poder melhorar o projeto e, a partir daí, gerar bons produtos”, ressaltou.

O invento foi citado pelo secretário da Secti, Odenildo Sena, que destacou as 3.900 atividades desenvolvidas por pesquisadores e expostas durante a semana. Com esse número, o Amazonas foi o Estado brasileiro com maior participação,


Nenhum comentário:

Postar um comentário