3 de nov de 2010

Solidariedade - O Fusca de Dona Anna

A rotina do Fusca marrom 1973 já era conhecida em Bento Gonçalves. Todos os dias pela manhã sua proprietária dava a partida para percorrer, dirigindo, seis quilômetros do Centro até o Lar do Ancião. Esse costume foi seguido rigorosamente por Anna Variani durante 19 anos.

Agora, o popular carro terá um novo dono. Sua rota será traçada em um leilão beneficente no dia 8 de novembro. A data escolhida é uma homenagem ao primeiro ano de falecimento da idosa reconhecida nacionalmente pelo trabalho de assistência social desenvolvido junto à comunidade bento-gonçalvense.

Mesmo após sua morte, Dona Anna, como era chamada, continua beneficiando o lar que ajudou a construir, o dinheiro arrecadado com a venda do Fusca será revertido integralmente para a instituição e aplicado em reformas no prédio.

"Pensamos em deixar o Fusca exposto no Lar, mas exigiria uma certa conservação, viraria mais despesa. Então, optamos por fazer o leilão e conseguir o dinheiro que a casa-lar tanto precisa", conta a neta de Anna, Maysa Variani Bertuol, 52 anos.

Em 1982, Anna encabeçou um movimento para dar início às obras do Lar do Ancião. A bordo do seu Fusca, visitou empresas e comércios para angariar fundos e edificar a obra. Com muito esforço e colaboração da comunidade, concretizou seu sonho no dia 21 de julho de 1990, ao inaugurar a entidade beneficente que abriga hoje 62 idosos.

Amparada sempre na fé em Deus, a idosa começou a escrever uma história que lhe garantiria, anos depois, a homenagem do governo gaúcho. Aos 97 anos, recebeu o Prêmio Ana Terra, no Theatro São Pedro, em Porto Alegre. Essa homenagem foi concedida a 25 mulheres que se destacaram em suas comunidades.

Agora, o Fusca que virou símbolo da solidariedade, mais uma vez será um instrumento de auxílio ao Lar.

"Mantivemos o carro original. Ele passou por uma revisão e está pronto para receber seu novo dono" diz a presidente do Lar do Ancião, Lourdes de Souza.

Fonte: PIONEIRO.COM

Um comentário:

  1. Tive a grata satisfação graças ao meu trabalho de conhecer esta figurinha sompática de perto.
    Sobre isso escrevi quando do falecimento.
    Da uma espiada no link
    http://macfuca.blogspot.com/2009/11/deus-tem-fuca-sim-so-precisava-de-uma.html

    ResponderExcluir